Olá, como passou a semana, tudo bem?

Continuo a listar alguns motivos da desafinação coral. Se você ainda não leu os outros dois artigos acesse agora mesmo:

 

Seu coro desafina? parte 1

Seu coro desafina? parte 2

 

É importante sempre considerar o pequeno universo do seu coro como um recorte do que encontramos na sociedade em geral. Como líder desse pequeno grupo você terá de lidar com muitas demandas que nunca imaginou antes, pois será responsável em fazer a gestão dos recursos humanos disponíveis. Dos fatores musicais e dos extra musicais!

Nesse contexto, já parou para pensar em como a formação do regente requer conhecimentos e ferramentas em várias áreas do conhecimento, além do âmbito musical? Inclusive ter de lidar com tamanhas demandas pode provocar esgotamento do regente, rapidamente, e essa situação é muito comum.

 

Você seria capaz de identificar as possíveis causas da desafinação do seu coro?

Partindo do princípio que, em muitos casos, os motivos não são conhecidos pelos próprios regentes, organizei aqui alguns pontos que observei ao longo de nossa experiência na Academia Concerto principalmente com coros não profissionais.

Estes 8 pontos, parte 3, devem servir  apenas para diagnóstico e não para argumento que justifique as desculpas do mau desempenho do coro.

Vamos lá:

 

1


Concepção soonora: o regente ainda não tem definido dentro de si a concepção do som que deseja que o coro tenha e, portanto, a consequente orientação vocal será difusa. Se não houver uma coerência entre o som que o regente pensa e deseja com aquele que o coro produz, não haverá afinação precisa. Qualquer resultado estará sempre “bom”. Mais uma vez vale a pena ler e reler o post sobre o “blend” do seu coro! 

 

2


Problemas com a tonalidade da música. Talvez uma alteração do tom para cima ou para baixo, a depender do arranjo, auxilie muito o ajuste interno das vozes, principalmente no trabalho de um coro iniciante, quando os cantores não dominam a técnica vocal para atingir as notas dos extremos dos registros. Muitas vezes um naipe tem em sua linha, muitas notas em região de passagem para mudança de registro. Para o coralista amador muitas vezes é difícil passar por estas notas sem que a afinação caia. Este tipo de recurso pode ajudar principalmente nos arranjos de música popular ou folclórica. Outro benefício de se alterar o tom é evitar que sopranos e tenores tenham dificuldade na afinação de notas muito agudas ou contraltos e baixos, na emissão de notas muito graves. Vale destacar que esta é uma solução pontual. Você deve treinar seus cantores para que as notas de passagem de registro não “derrubem” a afinação.

 

Quer saber mais sobre técnica vocal? Clique AQUI!

 

3


Consciência tonal. Haverão sérios problemas de afinação quando as mudanças de campo harmônico não são devidamente assimiladas pelo coro. Os trechos mais difíceis da harmonia precisam ser bem compreendidos e ensaiados. A insegurança na emissão do som está diretamente relacionada à insegurança do entendimento da harmonia.

 

4


Domínio e compreensão do texto. É preciso convicção de todos os aspectos que envolvem o ato de cantar em si para que a afinação aconteça. Quando os cantores não sabem o significado das palavras dos textos e da respectiva pronúncia em qualquer língua, a segurança em cantar fica comprometida e afinação pode cair. Já experimentou cantar nessas condições? Traduza sempre para o coro, os textos em língua estrangeira. Procure o significado de palavras menos comuns em língua portuguesa. Acima de tudo, certifique-se de que todos entenderam o sentido do texto.

 

5


Algo, de fato, básico e óbvio – talvez por isso pouco notado – talvez o seu coro não afine determinada peça pelo fato dela não estar PRONTA! Apresentar uma peça com problemas e inseguranças é pedir para desafinar. Tenha certeza de que o repertório está firme e amadurecido.

6


Problemas que se relacionam às disfuncionalidades do corpo do cantor podem causar problemas de afinação:

  • Maxilar travado sem movimento vertical livre
  • Corpo travado e indisponível para movimentação livre durante o ato de cantar
  • Posicionamento errado da língua para cantar
  • Falta de tempo suficiente para aquecimento das pregas vocais
  • Desidratação: o correto é que o cantor beba pequenos goles de água ao longo do ensaio. Deve-se incentivar levar garrafas pequenas de água
  • Problemas alérgicos sazonais, além de rinites e faringites
  • Má postura tanto na posição sentada quanto em pé
  • Preocupação em manter e segurar, sem a devida técnica e sem necessidade, a famigerada pasta preta nos ensaios e apresentações – incentive seu coro a memorizar o repertório! Cantar livre da partitura fará com que o coro tenha condições de focar em outros aspectos e a afinação é um deles .

 

7


Problemas emocionais de toda ordem podem prejudicar a afinação do seu coro:

  • Baixa auto estimaafinação é sinônimo de precisão e confiança. O coralista que não se sente capaz para sustentar sozinho sua linha, dificilmente vai cantar com afinação precisa.
  • Traumas  já tivemos casos na Academia Concerto em que recebemos pessoas que passaram por alguma experiência traumática no passado, como uma crítica, uma apresentação ruim, ouvir na infância ou adolescência coisas do tipo: “você é desafinado!” ou “é melhor você parar de cantar!“.
  • Fobias  o famosomedo do palco quem nunca teve um coralista que até o último ensaio canta tudo afinado mas, ao pisar no palco para a apresentação, sente a pressão e por causa do nervosismo, derruba a afinação do coro? 
  • Timidez em excesso – pessoas muito tímidas tendem a contrair o corpo, se fechar,  e ter problemas na emissão.
  • Depressão
  • Excesso de tensão – o famoso “frio na barriga” antes da apresentação é saudavel – ajuda a manter o foco e a concentração. Porém, o coro precisa entender a diferença entre sentir a responsabilidade da apresentação, da tensão e nervosismo. Nos ensaios a tensão pode aparecer ao ensaiar peças muito complexas ou naqueles trechos onde o coro “empaca” e a paciência de todos vai junto com a afinação para o espaço! Hora de chamar um break para um cafezinho e água. Na volta faça uma dinâmica rápida para descontrair, relaxar e trazer a afinação de volta. Clique AQUI para ler o post sobre como utilizar o descanso para melhorar o som do seu coro.
  • Personalidades autocentradas que não privilegiam o bom relacionamento interpessoalProblemas de relacionamento entre os itegrantes do coro geram uma quebra na unidade do grupo. Se não há afinidade não há afinação!

 

Coro Cantando Com Sorriso
Estimule seu coro a cantar com um sorriso no rosto! Isso ajuda na afinação.

 

Uma dica: faça seu coro cantar SORRINDO e com os OLHOS BEM ABERTOS! Isso ajuda a encaixar a voz na região da  “máscara” contribuindo para a afinação!

 

 8


Um número infinitamente menor de problemas de afinação estarão relacionados a casos de amusia (incapacidade patológica de produzir, reproduzir ou perceber sons musicais), ou perfuração dos tímpanos, por exemplo! Nestes casos uma atitude responsável do regente é encaminhar e incentivar o cantor a procurar uma avaliação médica. Aliás, esse é um bom conselho para o dia a dia do coro: periodicamente incentivar a procura por profissionais da área de saúde para acompanhamento da saúde vocal. Faça contato e estabeleça uma relação de confiança, com um bom otorrinolaringologista e um fonoaudiólogo especialista em voz de sua cidade. Você poderá indicar esses profissionais para seus cantores se tratarem, em caso de necessidade, e eles também poderão indicar o trabalho do seu coro para pacientes.

 

Por fim, ao listar possíveis problemas de afinação emitidos por indivíduos com audição perfeita, me fez pensar como cantores surdos podem cantar e ainda manter a afinação!

São casos contrastantes mas não menos relevantes, que nos mostram que a zona de conforto existe na vida do ser humano para ser desprezada.

Veja o caso da americana Mandy Harvey no America’s Got Talent de 2017, numa situação em que não se ouve a própria voz e a afinação é de tal modo mantida, que nos faz refletir sobre a condução da educação musical/vocal dos nossos próprios coros.  Seus vídeos durante a temporada passada do programa são facilmente encontrados na internet.

Também conheci o modo como a brasileira Maria Esther canta num bom nível de afinação. Ela tem surdez, usa prótese nos dois ouvidos e faz seus treinos…em japonês!

Procure no YouTube o vídeo “Wake me up (Kim Hyun Joong) treinamento auditivo em japonês”. Também  no vídeo: ”Love U Boys over flowers em Português: treinamento auditivo, surdos que cantam”.

Clique AQUI para conhecer a história de Maria Esther com o canto.

 

Após ouvir Mandy e Maria Esther, qual é a desculpa para o seu coro cantar desafinado?

 

mandy-harvey-cantora-surda
Amanda Lynn Harvey é uma cantora e compositora americana surda que participou da 12ª temporada de America’s Got Talent.

 

 

Agora é a sua vez! Mãos à obra para trabalhar a afinação do seu coro!

 

 

Escreva para mim, nos comentários, seus resultados ou suas dúvidas!

 

Acompanhe  nosso próximo post . Inscreva-se abaixo para receber nossas atualizações!

Até breve!

 

Sou Lana Bernardes, maestrina

img_20170515_185448-e1521750544365.jpg
Tive minha primeira experiência com a regência coral aos 11 anos no coro juvenil da igreja, numa substituição de emergência. Depois daquele, muitos outros finais de semana vieram em que tive que responder: “Não posso sair…tenho ensaio!”. Durante esse tempo construí minha experiência como coralista e regente, investindo na minha paixão pelo canto coral. Sou graduada em Regência Coral, uma das fundadoras da Academia Concerto, onde tenho a oportunidade de treinar e ajudar pessoas comuns a chegar aos palcos e até representar o Brasil em Festivais Internacionais. Atuo ainda como Empreendedora Digital e sou especialista em levar seu coro ao próximo nível, sem perda de tempo e com qualidade!

 

Quer receber nossos conteúdos? 
Assine e receba por e-mail:

 

 

Solte Sua Voz Academia Concerto

Palco Digital

2 comentários em “Seu coro desafina? Parte 3

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.