Negocio Mobile

Ensaio de Coral

 

Olá!

Caminhando na construção de ensaios com mais resultados? Espero que sim.

Neste artigo quero colaborar com aspectos musicais que precisam ser cuidadosamente percebidos, para que o ensaio do coro tenha ainda mais significado e seja uma experiência percebida com muito valor pelos coralistas.

No mundo digital há uma expressão que pode ser empregada ao momento dos nossos ensaios: “otimizar a experiência do usuário”

 

Aqui está a chave para que cada repetição seja feita com mais significado.

A ideia que define a palavra ENSAIO geralmente está associada com: repetir notas à exaustão e quando elas finalmente forem “aprendidas”, a música estará pronta. Esta linha de raciocínio não corresponde ao que um ensaio de fato pode ser!

Na Academia Concerto seguimos o seguinte esquema para nortear as ações dos nossos ensaios:

Infografico Ensaio Academia Concerto-1

SIM, O ENSAIO FUNCIONOU!

ou

NÃO, O ENSAIO NÃO FUNCIONOU!

 

A cada repetição, acrescente informações que façam com que a próxima repetição seja ainda melhor. Tais como: técnicas sobre como melhorar a voz, sobre a concepção musical, sobre o texto, sobre como a respiração pode ser melhor no trecho, proponha revezamentos entre os naipes e muitas outras informações que julgar necessário para construção da música!

E claro, corrija sempre as notas erradas com todo vigor!

Dica: Corrija uma coisa de cada vez!

 

Separe trechos pequenos para repetições e não grandes partes.

No ensaio é melhor repetir trechos menores por mais vezes, do que ficar passando uma parte longa ou a música toda muitas vezes. Isto não leva a lugar algum.

Ao acrescentar nova informação para o coro, use até no máximo, 7 palavras para dar a próxima informação. Esta técnica trará um ótimo ritmo ao ensaio. Treine antes e fique seguro em se comunicar em até 7 palavras: é perfeitamente possível.

Sabe o que todos ganham com esta técnica? TEMPO. (aquilo que é precioso e geralmente falta para todo trabalho musical, inclusive nos ensaios dos coros)

Ensaio em 7 Palavras-1.png

No início o coro pode ficar um pouco perdido e demorar para entender o novo ritmo de ensaio e corresponder em dinamismo e prontidão.

Apenas insista, persista e não desista!

Desenvolva sua personalidade de líder e de fato seja um “conductor”, como o que sugere a expressão em inglês!

 

 

FORMAS DE AVALIAR SE O DESEMPENHO DO SEU ENSAIO FOI BOM!

 

1. Ouça o coro. Evite ao máximo cantar junto, 100% do tempo, durante os ensaios:

Apenas

>demonstre como fazer,

 >encoraje que façam e

 >ouça como eles fazem…sozinhos!!

 

A partir do que ouvir, conduza para que correspondam com a concepção musical que você já tem sobre a música. Deste modo é possível se preservar, inclusive, de cansaço vocal e se assegurar que eles é que estão cantando e testando como fazer cada parte da música.

2. Grave os ensaios e acompanhe o desempenho ao longo das semanas. Gravar o ensaio ajuda a avaliar não apenas o coro mas também a sua própria técnica de ensaio. É interessante ressaltar que a gravação não exclui a sua atenção auditiva durante o ensaio. Este tipo de muleta mental, é um hábito adquirido por causa das facilidades digitais que temos acesso. Verificamos diariamente isto quando não temos mais números de telefone de memória , pois afinal, temos a agenda do celular que registra tudo por nós. Então, gravar o ensaio não pode ser motivo para acionar seu stand by interno a ponto de considerar ouvir tudo depois em casa. Esta ferramenta deve ser um arquivo para verificação e estudo mais aprofundado além do momento do ensaio. Leia mais sobre Ferramentas Digitais para seu ensaio AQUI.

3. Compare A e B: Sendo A, a primeira vez que um trecho ou peça inteira é cantada no ensaio, e B, a última vez que se ouviu o trecho no mesmo ensaio. Parece óbvio? Pode ser, mas minha trajetória até aqui me mostrou que se o regente não tem definida a concepção musical e ouvidos recrutados para comparar e conduzir o ensaio a esta concepção, o ensaio terá um desempenho insatisfatório. Seus ouvidos devem estar sempre acionados para os critérios de avaliação através da comparação.

4. Verifique a retenção: O que o coro trouxe assimilado do ensaio da semana anterior? Estabeleça comparação entre o antes e o depois. Para verificar isto, basta – após a Preparação Vocal – (leia o post sobre Preparação Vocal AQUI) ouvir o trecho ou peça que foi o foco do último ensaio. Não antecipe problemas, não faça advertências sobre nada específico. Apenas peça para que cantem e de preferência, não cante junto!

 

Sobre cantar 100% do tempo com o coro ou não, escreverei mais num outro post, mas apenas indico que é uma questão de hábito também! O coro se adapta ao seu modo de liderar, para o bem e para o mal…se o regente já tem uma personalidade musical e sabe onde quer que o som do coro chegue, o que sugeri no primeiro dos 4 tópicos, será incrivelmente administrável para todos. Funcionará muito bem desde que seja um método de ensaio estabelecido, incorporado e naturalmente proposto pelo regente.

 

Na página principal do nosso BLOG tem outros assuntos que podem ajudar seu coro!

 

Na próxima semana tem mais,

Até breve!

 

Escreva para mim, nos comentários, seus resultados ou suas dúvidas!

 

Acompanhe  nosso próximo post . Inscreva-se abaixo para receber nossas atualizações!

 

Sou Lana Bernardes, maestrina

img_20170515_185448-e1521750544365.jpg
Tive minha primeira experiência com a regência coral aos 11 anos no coro juvenil da igreja, numa substituição de emergência. Depois daquele, muitos outros finais de semana vieram em que tive que responder: “Não posso sair…tenho ensaio!”. Durante esse tempo construí minha experiência como coralista e regente, investindo na minha paixão pelo canto coral. Sou graduada em Regência Coral, uma das fundadoras da Academia Concerto, onde tenho a oportunidade de treinar e ajudar pessoas comuns a chegar aos palcos e até representar o Brasil em Festivais Internacionais. Atuo ainda como Empreendedora Digital e sou especialista em levar seu coro ao próximo nível, sem perda de tempo e com qualidade!

 

Quer receber nossos conteúdos? 
Assine e receba por e-mail:

 

 

Solte Sua Voz Academia Concerto

Palco Digital

Um comentário em “Ensaiar não é só treinar notas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.