O uso de analogias como ferramenta e estratégia pedagógica é um excelente recurso para seus coralistas entenderem conceitos musicais. Use fatos do dia a dia ou acontecimentos do momento e estabeleça uma comparação com o conteúdo que seja necessário ser compreendido e assimilado. 

Alguns colegas regentes estão por encerrar suas atividades do semestre para iniciar as férias de inverno. Neste ano o mundial de futebol ainda proporcionará alguns bons momentos de euforia durante as férias.

Vamos pensar sobre algumas semelhanças entre times de futebol e grupos corais?

 

Entrando Em Campo Com o Coral
Entre em campo com seu coro

 

1 – Escalação Correta Do Time


Jogadores têm características peculiares e únicas e se jogarem em posições erradas, não atingem seu rendimento máximo. Quando você tem cantores improvisados fora de sua posição (voz) além de você não ter o mesmo rendimento e qualidade vocal, corre o risco de prejudicar a saúde vocal do seu coralista! 

Um zagueiro improvisado de atacante não sabe fazer gol! Os dois podem correr do mesmo jeito, usar uniforme mas para fazer gol, é preciso um atacante e para defender, é preciso um zagueiro. 

Da mesma forma, uma soprano não pode ser escalada pra cantar contralto só porque o naipe está pequeno. Nem sempre o seu tenor de voz mais potente vai dar conta daquele solo num repertório barroco. E o seu pianista não pode sentar num órgão e tocar o acompanhamento como se fosse piano. Percebe que se escalar mal seu time, pode perder de goleada?

 

2 – Posicionamento Em Campo


Pequenas mudanças de posicionamento dos jogadores podem definir um bom placar. O mesmo acontece com o melhor posicionamento dos cantores do coro dentro do naipe. Aprenda a treinar o ouvido para buscar o melhor resultado sonoro, alterando posições. O som deve resultar sempre mais homogêneo e com o melhor “blend” possível (leia mais a respeito AQUI).

A forma como você posiciona o coro também interfere no resultado – falamos a esse respeito em nosso artigo sobre afinação (leia mais AQUI). Não se prenda a posições fixas. Treine e acostume o coro a cantar em várias formações diferentes conforme as necessidades da acústica, do repertório, da configuração do local da apresentação ou do número de vozes que você tem disponível para aquele dia.

 

Posição do Coral

 

3 – Planejamento Estratégico


Uma seleção que pretenda disputar uma Copa e alcançar um bom resultado precisa de um planejamento de curto, médio e longo prazo. O caminho até seu objetivo final deve ser trilhado com uma  estratégia definida

Por exemplo: se você tem um compromisso importante com seu coro, a estréia de um novo repertório, uma cantata, uma competição ou algo parecido, agende “jogos amistosos”!

Apresentações em locais e com plateias com menor grau de responsabilidade. Desta forma o coro se sente menos pressionado e você terá a chance de fazer ajustes e correções até alcançar o resultado final. Agende uma série de apresentações com grau crescente de dificuldade e responsabilidade.

Intercale entre cada compromisso pelo menos um ensaio. Desta forma você pode cantar – gravar – analisar – corrigir no ensaio – cantar de novo – analisar e avaliar – corrigir de novo… e assim por diante até seu objetivo ser alcançado!

Utilize estas ferramentas digitais AQUI para desenvolver esta estratégia

  1. Comece com um ensaio abertopassando o programa do início ao fim, mas por ser um ensaio, é possível fazer interrupções para correções e orientações. Deixe o coro utilizar trajes informais.
  2. Realize uma primeira apresentação fechada – promova uma apresentação apenas para familiares, alunos da escola ou membros da comunidade. Imprima uma dinâmica de apresentação cantando o programa todo “pra valer” sem interrupções. Faça uso do uniforme e cobre do coro a postura e atitude que você quer ver nas apresentações oficiais.
  3. Primeira apresentação aberta – agende a primeira apresentação pública em um local pequeno, para um público menos exigente e faça uma divulgação pequena, mais voltada para a comunidade local.
  4. Apresentações abertas agora está na hora do coro encarar apresentações com maior grau de exigência. Agende pelo menos duas. Até aqui foram 3 apresentações e você já teve oportunidade de correções e ajustes no repertório. O coro, a esta altura, já estará mais confortável e confiante.
  5. Última apresentação de preparação  Aqui você deve buscar a maior exposição possível para testar o coro. Procure um local com um público mais exigente. Faça uma ampla divulgação aumentando a pressão sobre o grupo. Convide amigos regentes ou professores para assistir. Peça a opinião deles após a apresentação e traga este feedback para o coro.

Na Academia Concerto utilizamos esta estratégia por exemplo, para preparar nossos coros para competições internacionais. Chegar com o coro direto para as provas seria como chegar na Copa do Mundo sem amistosos! Além de uma agenda preparatória no Brasil, chegamos ao local com 10 a 15 dias de antecedência e cumprimos uma série de concertos até o dia das provas principais. Até lá o coro já se ambientou, quebrou o gelo, passou por ajustes para amadurecer o repertório e chega mais confiante na frente da banca de jurados.

Outra utilidade desta estratégia é para a memorização do repertório. Como trabalhamos  preferencialmente sem pastas, esta é um meio de alcançar este objetivo.

Você pode utilizar o calendário e um planejamento estratégico para  atingir vários objetivos: mudança de repertório,a estréia de uma nova peça, melhoria da técnica vocal, desenvolvimento da leitura, novas vozes para o coro, entrosamentos do coro, etc.

Preparação Musica Coral

4-Preparação Física


Seus coralistas são seus jogadores e assim como no futebol, o desempenho da sua equipe está diretamente ligado à condição física deles – no caso, a voz! Um jogador talentoso num campo perfeito, dentro de um time de craques, não marca gols sem uma condição física condizente!

Não é possível encarar uma partida de 90 minutos sem se aquecer. Entrar em campo sem aquecimento, nem pensar! Expôr um cantor à atividade vocal sem a devida preparação e aquecimento é uma IRRESPONSABILIDADE!! Sem isso o coro não rende, não soa, não afina e, ainda por cima, seus cantores podem desenvolver lesões sérias na voz!

Sem desculpas!

. O ensaio começou atrasado – use parte do tempo do repertório ou termine o ensaio uns minutos mais tarde mas nunca deixe de aquecer!

. Eu tenho pouco tempo de ensaio – coro que ensaia devidamente aquecido rende mais, alcança os resultados em menos tempo e otimiza o uso do tempo de ensaios! 

. O concerto é ao ar livre –  mais um motivo pra aquecer muito bem seus atletas! Sem o apoio da reverberação de uma acústica de local fechado você precisa de mais projeção e voz fria não projeta!

. Não tem local reservado para aquecimento no local do concerto – perdi a conta quantas vezes aqueci o coro no próprio espaço da apresentação antes do concerto! Peça licença ao público presente, explique que para garantir um excelente concerto para eles, vai precisar de uns minutos para aquecer. Mesmo não sendo o ideal, use um espaço alternativo próximo ao local e em casos extremos até o próprio ônibus!!

“Eu não entendo de técnica vocal!”  – meu colega… se você chegou até aqui sem nunca ter estudado canto, vai levar um puxão de orelha! Você precisa “pra ontem” procurar capacitação para liderar um grupo que usa a voz como matéria prima! Estude, pesquise e leia. Mas nada substitui estudar com um bom professor de canto. Convide alguém da área para ser preparador vocal do coro. Busque orientação e assessoria.

. Meus coralistas não gostam do aquecimento vocal. Acabam chegando atrasados para pular a preparação“! – da mesma forma que muita gente não gosta de fazer exercício físico, muitos coralistas não gostam de exercitar a voz. Eles precisam ser conscientizados dos benefícios desta preparação, de como o rendimento vocal vai melhorar, a importância para o som do coro e os benefícios para a saúde vocal. Também é bom rever e analisar sua dinâmica para a preparação vocal! Este momento define a qualidade da apresentação ou ensaio. Busque novas maneiras de tornar este momento eficiente e ao mesmo tempo interessante e prazeroso.

 

Leia AQUI mais sobre preparação vocal

 

Aquecimento Coral
Coral entrar em campo sem aquecer nem pensar!

 

Um bom técnico acompanha constantemente a condição física dos seus jogadores. Conheça individualmente a voz de cada coralista. Saiba suas características, limites e dificuldades. Promova e estimule o desenvolvimento técnico.

Ao menor sinal de problemas nas vozes de seus “jogadores” não pense duas vezes: mande para o “departamento médico”! Oriente sempre o coralista a procurar uma avaliação de um otorrinolaringologista ou fonoaudiólogo, conforme a necessidade. Tenha em mãos contatos de bons profissionais para indicar. Encaminhe para o médico a sua impressão sobre como está o som e o desempenho da voz do seu coralista. Esteja atento aos sinais de rouquidão, pigarro, mudanças de timbre, volume, irritações e falta de ar durante o canto.

Por fim, não esqueça que seu cantor não é apenas uma voz! A condição física e emocional geral é fundamental para o bom desempenho no coro. Problemas de coluna, musculares, pressão, audição, stress, memória e visão trazem grandes prejuízos ao rendimento do coralista. Acompanhe, observe e converse sempre com seu cantor para que estes problemas sejam devidamente acompanhados e tratados.

 

5 – Invista Nas Categorias De Base


Um time de sucesso tem talentos revelados e treinados na própria casa. Quando o jovem jogador chega na equipe principal ele já está pronto e familiarizado com o modo de jogo do time. 

Invista em coros preparatórios ou numa “escola de corais”. Se você trabalha com um coro adulto, pense na ideia de ter um coro jovem associado. Isso vai fazer com que o jovem ingresse no coro adulto já treinado e preparado dentro da sua concepção musical e vocal. Isso vai alimentar seu coro com vozes preparadas dentro de casa.

Se você não é o regente desses grupos preparatórios, trabalhe com regentes alinhados aos seus métodos de trabalho e concepção musical. Estabeleçam juntos um caminho para que a criança, adolescente ou jovem de hoje chegue no seu coro com a preparação que você espera e precisa.

Na Academia Concerto trabalhamos com este modelo. Já tivemos cantores do Jovem Canto reforçando o Camerata Vocal e CantilenaCriamos recente o Academia Coral para receber novos coralistas.

Se a sua estrutura não comporta a criação de “categorias de base”, procure coros infantis, juvenis e jovens em sua cidade para um trabalho associado. Convênios com escolas, escolas de música e universidades podem render bons jovens talentos para o seu coro.

 

Coro Infantil
Invista nas categorias de base do coro

 

6 – Comissão Técnica


Um time campeão é preparado por uma comissão técnica multidisciplinar e composta por profissionais altamente especializados. No coro quando o regente tem oportunidade de ter uma equipe, os resultados são outros.

Regente (s) assistente (s), chefes de naipe, preparador vocal e pianista acompanhador são as funções mas próximas. A administração do coro é uma área que requer assessoria especializada – advogado, contador, assessoria de imprensa, formatação e gestão de projetos via Leis de Incentivo, marketing, etc.

Você também pode se associar e criar parcerias com profissionais de outras áreas para consultorias, orientação e treinamento. Por exemplo: fonoaudiólogo, otorrinolaringologista, psicólogo, professor de educação física, pedagogo, professores de línguas, recursos humanos, coach, etc.

Certa vez detectamos que um dos nossos grupos estava com algumas dificuldades no palco. Chamamos um professor e diretor de teatro para um trabalho visando aumentar a confiança no palco, postura, atitude e expressão facial.

 

Comissão Tecnica Coral
Trabalhe em equipe para preparar o seu coro

 


Na página principal do nosso BLOG estão outros assuntos que podem ajudar seu coro!


 

Gostou das idéias? Na próxima semana ainda continuaremos com analogias futebolísticas e a música coral.

Estes artigos fizemos a 4 mãos! Eu, Lana e o maestro Altamiro Bernardes.

Assine abaixo nosso blog e acompanhe os próximos conteúdos!

Agora vamos continuar torcendo pelo Hexa e trabalhando para fazer do Brasil, além do país do futebol, o país do Canto Coral de qualidade!

Bons ensaios e apresentações!

 

Aula Regência Coral Online

ATENÇÃO!

Você quer nossa ajuda para solucionar problemas e desenvolver estratégias para seu coro?

Utilize o email abaixo e entre em contato com a gente sem compromisso:

 academiaconcerto@academiaconcerto.art.br

 

 

Aproveite os comentários abaixo…deixe seus resultados, dúvidas ou me sugira temas relevantes para novos posts!

 

Acompanhe nosso próximo post . Inscreva-se abaixo para receber nossas atualizações!

Sou Lana Bernardes, maestrinaBlog Academia Concerto Lana Bernardes
Tive minha primeira experiência com a regência coral aos 11 anos no coro juvenil da igreja, numa substituição de emergência. Depois daquele, muitos outros finais de semana vieram em que tive que responder: “Não posso sair…tenho ensaio!”. Durante esse tempo construí minha experiência como coralista e regente, investindo na minha paixão pelo canto coral. Sou graduada em Regência Coral, uma das fundadoras da Academia Concerto, onde tenho a oportunidade de treinar e ajudar pessoas comuns a chegar aos palcos e até representar o Brasil em Festivais Internacionais. Atuo ainda como Empreendedora Digital e sou especialista em levar seu coro ao próximo nível, sem perda de tempo e com qualidade!

Quer receber nossos conteúdos? 
Assine e receba por e-mail:

 

 

Solte Sua Voz Academia Concerto

Um comentário em “Cantando a bola – Idéias do futebol para a Música Coral! | Academia Concerto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.