Blog Academia Concerto

Olá, tudo bem?

Você é do tipo de regente que, em geral, fica tão agradecido com algum/qualquer som que o coro produza, que nem se lembra de ajustar esse som ou ter alguma proposta definida para melhorar a qualidade e construir algo especial?

Se o seu propósito para melhoria do som do coro for deixado sempre para depois e acabar por ficar em segundo ou terceiro plano, dificilmente alcançará o próximo nível com o seu coro.

Este deveria, talvez, ser o grande objetivo da trajetória inteira da vida de um regente: a busca incansável pelo melhor som que o coro possa produzir. Isto se justifica não como um “capricho estético vaidoso do regente afetado”, mas um aspecto que leva a atingir o transcendente da arte coral.

Esta tem sido uma das prioridades da Academia Concerto com seus coros nestes 13 anos.

 

Som Coro Nasce no Regente
A sonoridade do coro nasce na mente do regente

 

De onde vem o som que desejo que o meu coro tenha?

Vem de uma ideia que nasce na mente do regente. É lá que todos os aspectos da concepção musical são gerados, incluindo a qualidade do som.

 

Antes de nascer da emissão da vozes de seus cantores, o som do coro nasce na sua cabeça!

 

Quais as possibilidades de sensibilizar seu 

coro e transformar a sonoridade?

Já reparou que é sempre decepcionante ouvir pela primeira vez o som do coro na leitura de uma peça?

Isso acontece porque este som está distante daquele que foi gerado em nossa mente. Mas é a partir daqui, desta diferença, através de nossas orientações e abordagens durante os ensaios que se dará o direcionamento do “som bruto” do coro.

Ou seja, se você não pedir, não trabalhar, não ensaiar, não orientar nada em termos de sonoridade, o resultado sonoro na apresentação será aquele, do primeiro ensaio: “o som bruto”.

Importante ressaltar que este é um assunto muito subjetivo.

Embora a identidade sonora do coro seja facilmente percebida e completamente perceptível a qualquer ouvinte, ou seja, é um resultado verificável objetivamente pelos sentidos, considerar a ideia de um som, é tratar de algo de uma subjetividade imensa!

Leia AQUI um outro artigo meu sobre a construção do som do coro.

Som Coral
Peça para o coro o som que você quer

Alguns aspectos importantes:


. O som que você escolheu como referência deve, primeiramente, te inspirar imensamente. Afinal esta será sua prioridade, seu foco, por muito tempo. Será na busca da construção desta sonoridade que muitas horas e muita energia serão empenhadas.


. Tenha boas referências de som de coro: aproveite a tecnologia, refine suas pesquisas e ouça/assista bons coros, faça escolhas, tenha preferências, compare e pense em possibilidades e estratégias para sensibilizar e orientar seu coro a se aproximar da sonoridade desejada.


Uma dica: você já segue a nossa página no FACEBOOK? Lá nós postamos semanalmente sobre coros, regentes, repertório e propostas de Música Coral de todos os continentes.


. As suas referências sonoras são resultantes de suas próprias buscas e escolhas. É um caminho que é percorrido objetivamente por você e compartilhado com seus coros. Este é um caminhar solitário…porém, seus cantores serão seus aliados comprometidos,  e neste sentido, você não estará sozinho.

A chave para uma boa sonoridade é sensibilizar e conquistar seus coralistas para se tornarem seus aliados na busca por um som de qualidade.


O desenvolvimento da sonoridade do coro é um processo e, portanto, é preciso investir tempo no objetivo de construir o som que você, como regente, deseja. Nada é rápido nem imediato. Não existe “pílula mágica”. Tenha isso em mente e também deixe isto claro aos coralistas.

Persista e não desista!

Até que alguns cantores entendam a sonoridade que você propõe e possam se tornar referências em seus naipes, o processo pode se tornar cansativo, pois envolve constantes correções.


. Quem trabalha com coros semiprofissionais ou profissionais, através de orientações bem direcionadas e estratégicas, consegue se aproximar muito ou chegar ao som imaginado. Mas não pense que, pelo fato do coro ser profissional, ou de alunos de música,  a definição de uma concepção sonora não é tão importante. Pelo contrário, ela se faz ainda mais necessária!

Por exemplo: na Academia Concerto temos um coro de câmara profissional. Todos os integrantes do Coro Academia Concerto são cantores, regentes e professores de canto. Pode-se pensar que o trabalho de sonoridade num grupo desses é desnecessário, já que todos sabem o que fazer com a voz. 

Mas a questão é que, cada um destes cantores tem a sua concepção individual da sonoridade das peças. Neste caso, uma ideia de som muito bem definida, trabalhada e comunicada aos cantores se faz ainda mais necessária da parte de quem rege. Caso contrário o coro soará como uma “salada de sonoridades”! Temos alcançado um ótimo resultado neste aspecto, com reconhecimento no Brasil e no exterior. 

Coro Profissional

 

Com coros não profissionais é preciso, em alguns casos, entrar em acordo sonoro. Os progressos podem ser lentos e tímidos e na maioria da vezes, o resultado não será exatamente o idealizado.

Então, se torna importante aceitar que aquele som é o máximo do seu coro para aquele momento específico. Continue na jornada para melhoria da sonoridade do coro, mas nada de ficar ensaiando eternamente em busca de um som que o coro ainda não tem capacidade de reproduzir! Negocie um meio termo!


. As possibilidades são inúmeras: trabalhar sonoridade coral é admitir uma enorme gama de escolhas técnicas, caminhos musicais, imaginar exercícios vocais e outros aspectos perfeitamente acessíveis.


. A voz humana é capaz de assumir características bem distintas e construir timbres únicos. Conheça a matéria prima que construirá o som do seu coro. A responsabilidade em trabalhar com a voz humana é grande e pode ser a diferença para ter cantores sempre com boa saúde vocal e um coro com sonoridade diferenciada.


. Para atingir suas metas em relação a sonoridade é preciso muito estudo, muito compromisso com a música e consigo mesmo. Persiga suas chances de desenvolvimento pessoal, de comunicação, gestual da regência, de estudos musicais, estética musical, técnica vocal, repertório, enfim conteúdos que possam abranger e contribuir para sua própria formação e informação. Assim você terá ferramentas para transformar a sua concepção sonora  em realidade!


. Convide regentes para ministrar workshops ou para reger apresentações do seu coro como regente convidado, expondo seu coro a momentos especiais, conduzidos por regentes que reforcem a linha de trabalho que você tem desenvolvido. Isto é importante para variar a rotina de trabalho, descentralizar a liderança, reforçar suas orientações musicais através das abordagens de outro regente, além de variar as ferramentas para chegar ao mesmo objetivo musical. Muitas vezes algo que você está há muito tempo tentando fazer o coro entender, sobre a sonoridade, pode ser facilmente assimilado se apresentado por outro regente.

Coral Workshop
Convide um colega para trabalhar com seu coro

Um exercício para você

Escolha um peça do seu repertório:

> Afaste-se do piano ou qualquer fonte de referência sonora, como CDs ou vídeos na internet.

Coloque a partitura sobre uma mesa.

> Não faça qualquer gesto, nem cante – apenas siga a partitura com os olhos como se estivesse regendo.

> Cante mentalmente, buscando a sonoridade que você quer ouvir do coro nesta peça.

Trabalhe em sua cabeça cada aspecto do som: timbre, cor, textura, equilíbrio entre as vozes, dinâmica, fraseado, etc. Faça mudanças e experiências até chegar a um resultado que você considere satisfatório. 

Anote tudo em sua partitura.

> Repita quantas vezes for necessário até que esta concepção sonora esteja definida internamente em você – não vá para a frente do coro antes de definir o som que você espera da peça.

> É assim que um regente se prepara para um trabalho de alto nível.

 

Ensaio de Coral
Construa a sonoridade da peça internamente, em sua mente

 

A identidade sonora do coro, importa muito!

 

Este é o aspecto que vai conferir notoriedade e diferenciação ao seu trabalho.

Podemos continuar nessa prosa..mas num próximo post.

Bons ensaios e apresentações!

 

Na página principal do nosso BLOG estão outros assuntos que podem ajudar seu coro!

 

Aula Regência Coral Online

ATENÇÃO!

Você quer nossa ajuda para solucionar estes e outros problemas do seu coro?

Utilize o email abaixo e entre em contato, sem compromisso:

academiaconcerto@academiaconcerto.art.br

Se você utilizar esta estratégia, escreva para nós! Compartilhe seus resultados e envie fotos!

 

Aproveite os comentários abaixo…deixe seus resultados, dúvidas ou me sugira temas relevantes para novos posts!

 

Acompanhe nosso próximo post . Inscreva-se abaixo para receber nossas atualizações!

 

Sou Lana Bernardes, maestrinaIMG_20170515_185448
Tive minha primeira experiência com a regência coral aos 11 anos no coro juvenil da igreja, numa substituição de emergência. Depois daquele, muitos outros finais de semana vieram em que tive que responder: “Não posso sair…tenho ensaio!”. Durante esse tempo construí minha experiência como coralista e regente, investindo na minha paixão pelo canto coral. Sou graduada em Regência Coral, uma das fundadoras da Academia Concerto, onde tenho a oportunidade de treinar e ajudar pessoas comuns a chegar aos palcos e até representar o Brasil em Festivais Internacionais. Atuo ainda como Empreendedora Digital e sou especialista em levar seu coro ao próximo nível, sem perda de tempo e com qualidade!

Quer receber nossos conteúdos? 
Assine e receba por e-mail:

 

Solte Sua Voz Academia Concerto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.